Ranking ATP: Cinco tenistas portugueses com máximos de carreira

A atualização de rankings desta segunda-feira dá conta de novos máximos de carreira de cinco tenistas portugueses. No top 10 mundial não houve qualquer alteração, sendo que o número 1 será Rafael Nadal até final do ano.

João Domingues, semifinalista em Montevideu na semana passada, subiu seis lugares para se instalar no 166.º posto; Gonçalo Oliveira ocupa o 211.º posto; João Monteiro surge no 237.º lugar (subiu 15 posições); Nuno Borges é o 565.º e Francisco Cabral o 904.º.

No que às tenistas portuguesas diz respeito, registaram-se quatro descidas. Ausente da competição desde julho, Michelle Larcher de Brito desceu oito posições (354.ª), assim como Francisca Jorge (795.ª), a nova campeã nacional absoluta. Maria João Koehler, em tempos 102.ª da hierarquia, mantém-se como número 3 nacional e esta semana desceu quatro lugares (739.ª). Ana Filipa Santos resvalou para o lugar 1213.

À semelhança do top 10 masculino, também o feminino não registou mudanças na classificação. Simona Halep termina a época no lugar mais alto e CoCo Vandeweghe, a grande figura da seleção norte-americana da Fed Cup, fecha o lote das dez primeiras.

Nota para a subida de 45 lugares de Belinda Bencic (120.ª), ex-número 7 mundial, que depois de uma ausência de vários meses devido a lesão ainda alimenta esperanças de terminar a época dentro do top 100. Recorde-se que a jovem tenista suíça já venceu dois títulos desde que regressou à competição em setembro, o último dos quais este domingo.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.