Jean Paul Melo voltou a fazer a festa no Campeonato Nacional de Ténis em Cadeira de Rodas

Fotografia: Gaspar Ribeiro Lança/Raquetc

Pelo terceiro ano consecutivo, o troféu de campeão de singulares do Campeonato Nacional de Ténis em Cadeira de Rodas/Taça Angelini Farmacêutica conheceu o mesmo vencedor — Jean Paul Melo, que também conquistou o título de pares.

À procura do “tri” — e o segundo título nos campos da Beloura Tennis Academy –, o jogador que representou o Clube de Ténis de Setúbal derrotou o heptacampeão Carlos Leitão. A decisão, que foi jogada sob os holofotes do court central João Sousa, ficou pautada pelo grande equilíbrio e melhor tomada de decisões de Melo, que assim venceu por 6-4 e 7-5.

Com este título, Jean Paul Melo aumenta para três o número de troféus na variante individual, ele que em pares também celebrou, e ao lado do seu adversário na competição individual. Juntos, Melo e Leitão derrotaram João Sanona e Paulo Espírito Santo, por 6-2 e 6-0.

O mesmo Paulo Espírito Santo tinha derrotado, no início do dia, Francisco Aguiar por 7-6(3) e 7-6(2), para ficar com o título no Quadro B.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."