Francisca Jorge e o título de Campeã Nacional: “É um sentimento espetacular”

BELOURAFrancisca Jorge é a nova campeã nacional absoluta. Aos 17 anos, a jovem vimaranense derrotou Maria João Koehler (a campeã em título) para conquistar pela primeira vez o título na “prova rainha” do ténis português, título que junta ao de pares conquistado ontem ao lado de Maria Inês Fonte.

“A de ontem já assentou, a de hoje ainda estou a digerir”, começou por dizer Francisca Jorge em declarações ao RAQUETC após a final. “É ótimo para mim, trabalhei por isso e realmente agora o trabalho está a ser bem feito. Hoje foi a prova de que eu estou a jogar muito bem.”

Na final, Francisca Jorge teve pela frente a portuense Maria João Koehler, que ao longo da carreira já conquistou por seis vezes o torneio, mas “independentemente do estatuto da Maria e de saber quantas vezes ela já tinha ganho o nacional esta era a minha primeira final e do meu lado vejo como uma final para mim e por isso joguei para ganhar.”

O título de campeã nacional absoluta junta-se aos de sub 12, 14, 16 e 18 e Francisca afirma que “ter ganho nos outros escalões é uma motivação e sinal de que estava a jogar bem. E ser agora campeã senior é um marco de que realmente estou a jogar bem e agora é trabalhar mais e melhor para os próximos torneios que aí vêm.”

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."