Millennium Estoril Open à procura do regresso de Juan Martin del Potro no “Masters” de Londres

A sensivelmente meio ano do começo de mais uma edição do Millennium Estoril Open, o diretor do maior torneio de ténis organizado em Portugal, João Zilhão, está à procura do regresso de uma das grandes figuras do ténis nos últimos anos.

Em declarações ao jornal Record, João Zilhão afirmou que se tem mantido em conversações com Tony Godsick tendo em vista o regresso de Juan Martin del Potro ao Clube de Ténis do Estoril em 2018. Recorde-se que o argentino desistiu da edição de 2017 do torneio após a vitória na primeira ronda devido ao falecimento do avô, que o fez regressar de imediato à Argentina e desistir também do Masters 1000 de Madrid.

“Tem havido avanços e espero ter boas novidades até final do ano, mas nada está ainda garantido”, comentou Zilhão com o jornal antes de se preparar para viajar para Londres, onde durante o Nitto ATP Finals espera conseguir progressos significativos. Há cinco semanas, o “Masters” parecia uma realidade impossível, mas hoje Juan Martin del Potro está a apenas uma vitória de garantir a qualificação para o torneio.

Ao mesmo jornal, João Zilhão contou que também “gostaria imenso de contratar um ou dois jogadores em Itália”, mais precisamente em Milão, onde na próxima semana se joga o NextGen ATP Finals. Esta será a primeira edição do torneio, que reúne na cidade italiana os oito melhores jogadores de 2017 com 21 ou menos anos (à exceção de Alexander Zverev, que estava qualificado mas acabou por dar prioridade a Londres).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."