Venus Williams volta a vencer e marca lugar nas meias-finais

Fotografia: Jimmie48 Photography

Venus Williams (5.ª) é a terceira tenista a garantir um lugar nas meias-finais do BNP Paribas WTA Finals Singapore presented by SC Global, ao bater no terceiro e último encontro do Grupo Branco, Garbiñe Muguruza (2.ª) por 7-5 e 6-4.

Naquele que era o duelo de maior interesse na jornada desta quinta-feira, visto que a vencedora da partida garantia o passaporte para o top 4 do torneio que reúne as oito melhores tenistas da época, foi a veterana norte-americana que disse presente e com uma boa exibição levou de vencida a tenista espanhola pela primeira vez esta temporada depois de desaires em Roma e mais recentemente na final de Wimbledon.

Num encontro que teve a duração de 1h41, o equilíbrio de forças foi sempre constante, mas Venus Williams acabou por ser mais forte nos momentos decisivos de ambos os sets. No primeiro parcial a mais velha das irmãs Williams chegou a estar em desvantagem com um break mas foi a tempo de recuperar logo no jogo a seguir e quebrar ao 12.º jogo do parcial para se adiantar.

Se no primeiro set houve ‘apenas’ três breaks, no segundo esse número disparou para sete, com as tenistas a conseguirem apenas segurar os seus jogos de serviço em três dos dez jogos do parcial. Quem o conseguiu por mais vezes foi a tenista de 37 anos e por isso também venceu o respetivo parcial e encontro.

Falando dos dados estatísticos destaque para os 67% de pontos vencidos no primeiro serviço de Venus Williams, ela que salvou ainda seis dos dez break points enfrentados, ao passo que Muguruza o conseguiu por sete vezes em 13 ocasiões.

Com o último encontro do Grupo Branco terminado, Karolina Pliskova e Venus Williams são as duas tenistas a seguir em frente. Quanto ao Grupo Vermelho tudo se decidirá esta sexta-feira. Caroline Wozniacki, já apurada, desafia Caroline Garcia e Simona Halep joga contra Elina Svitolina.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.