Inédito: há seis jogadores portugueses no top 250 do ranking mundial

A atualização do ranking ATP desta semana traz uma novidade ao ténis nacional: a inédita presença de seis jogadores portugueses entre os 250 primeiros do mundo, sendo que João Sousa continua a ser o único a marcar presença entre os 100 primeiros.

Entre os seis tenistas portugueses que a partir de hoje estabelecem esta marca, João Monteiro (249.º), Gonçalo Oliveira (213.º) e João Domingues (170.º) contam com novos máximos de carreira, que são resultado da temporada positiva que têm vindo a realizar.

Às portas do top 100 mundial estão Pedro Sousa (que esta semana desceu duas posições, para 115.º) e Gastão Elias, que com o título em Campinas e as meias-finais em Buenos Aires recuperou terreno e subiu 12 lugares para ficar logo atrás de Pedro Sousa.

Enquanto o lisboeta ainda procura a estreia entre os 100 melhores tenistas do mundo, o jogador natural da Lourinhã tenta regressar a um grupo a que já pertenceu, tendo inclusive sendo o 57.º posicionado a 24 de outubro de 2016.

Por último mas não menos importante, João Sousa continua a ser o melhor dos tenistas portugueses no ranking mundial masculino, tendo registado esta semana uma melhoria de duas posições para se estabelecer a 61.º.

Frederico Silva (322.º), Fred Gil (440.º), André Gaspar Murta (674.º), Bernardo Saraiva (746.º), Nuno Deus (813.º) e Francisco Cabral (911.º) também subiram e contam ainda com a companhia de Nuno Norges (é o 566.º) no top 1000 mundial.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."