Caroline Garcia: “Sempre acreditei que o trabalho duro ia valer a pena”

A viver a melhor fase da temporada, após se tornar na primeira jogadora a conseguir fazer a dobradinha Wuhan-Pequim, Caroline Garcia sai da China com 11 vitórias e zero derrotas que lhe permitem posicionar-se na pole position para a última vaga do WTA Finals.

Em declarações após a conquista do torneio de Pequim, a número um francesa descreveu estas duas semanas como ‘incríveis’ e difíceis de imaginar.

“Incrível é a palavra certa para descrever estas duas semanas. Nunca esperei quando cheguei à China sair daqui com dois troféus”, afirmou a gaulesa que vai fazer a estreia no top-10 mundial já na próxima semana.

Quanto ao segredo para o recente sucesso, Garcia aponta o trabalho duro como explicação. “Segredo? Não sei. Sempre acreditei quando era difícil que o trabalho duro ia valer a pena. Vencer dois torneios desta categoria de seguida é difícil de acreditar”, admitiu

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.