Castelo Branco: Gomez-Herrera superioriza-se a Deus

Não teve história o primeiro encontro dos quartos de final do quadro de singulares do Internacionais de Ténis de Castelo Branco, torneio inserido no calendário do circuito masculino da Federação Internacional de Ténis e que decorrerá até ao próximo domingo.

Nuno Deus (883.º) foi ultrapassado de forma inequívoca pelo espanhol Carlos Gomez-Herrera, segundo cabeça de série e 385.º na hierarquia individual ATP, com os parciais de 6-0 e 6-1, em apenas 63 minutos.

A derrota do tenista lisboeta reduz a participação portuguesa na competição individual do evento albicastrense de 15 mil dólares em prémios monetários a Fred Gil (defronta Andres Artunedo Martinavarro) e a João Monteiro (encara Darko Jandric).

No entanto, Deus voltará a pisar o court ainda esta sexta-feira, mas em jogo referente às meias-finais do quadro de pares, onde joga ao lado de Luís Faria.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.