Miguel Oliveira perde na 1.ª ronda e deixa Portugal Padel Masters sem portugueses

Fotografia via Portugal Padel Masters

Miguel Oliveira foi esta quarta-feira derrotado no encontro de estreia no quadro principal do Portugal Padel Masters, resultado esse que deixa o torneio — um dos quatro mais importantes a nível mundial — sem qualquer representante português.

O padelista português, número 91 mundial, teve acesso ao quadro principal do maior torneio de padel organizado em Portugal graças a um wild card que lhe foi entregue pelo diretor da prova, João Lagos. A jogar ao lado do brasileiro Lucas da Cunha, Oliveira acabou por perder por 6-4 e 6-1 para os quintos classificados do ranking mundial, Maximiliano Sanchéz e Matías Diaz.

Com este resultado, o Portugal Padel Masters fica sem representantes portugueses à entrada para a segunda ronda do quadro principal, isto porque Diogo Rocha — o número 1 nacional, que ficou surpreendido por não ter sido o escolhido para receber o único convite existente — foi derrotado com o espanhol Antonio Luque na segunda e última ronda da fase prévia.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."