Wilander analisa vitória de Nadal: “Vencer o US Open foi tão fácil como vencer Roland Garros”

0

Na última análise que fez para a agência Reuters, durante o US Open, Mats Wilander comentou o título conquistado por Rafael Nadal em Flushing Meadows, tecendo rasgados elogios ao maiorquino, que considera estar a jogar “melhor do que nunca”.

“Vencer o US Open foi tão fácil como vencer Roland Garros. Os adversários que ele defrontou estão muitos furos abaixo do seu nível e ele nem sequer encarou um tenista do top 20. Mas alguém tem que ser o melhor jogador do mundo e Rafa Nadal é o melhor jogador do mundo”, afirmou.

Na opinião de Wilander, antigo campeão do US Open, o número 1 mundial está a jogar o seu melhor ténis. “Não há nada que possam fazer para o agredir, quando o defrontam nestes hard courts mais lentos. Só, talvez, Novak Djokovic, mas Nadal está a jogar melhor do que nunca”, observou.

O comentador do Eurosport indicou as mudanças no jogo de Nadal. “Ele fez mudanças no seu serviço, tem variado mais e também começou a bater mais cedo a pancada de esquerda, pois ele não está muito afastado da linha de fundo quando decorrem pontos mais longos. Acho que a sua grande virtude é estar em constante aprendizagem, reajustando o seu jogo, porque ele tem ‘ganas’ de jogar de forma perfeita”.

Toni Nadal disse esta semana que acredita que o seu sobrinho vai alcançar os 19 títulos do Grand Slam de Federer. Wilander partilha da mesma opinião e explica porquê. “Creio que Nadal tem uma boa oportunidade de apanhar Federer, porque ele vai vencer Roland Garros novamente, pelo menos mais ou uma duas vezes, e, de repente, a distância resume-se a um ou dois [títulos do Grand Slam]. Será que Federer vai ganhar mais algum Slam no próximo ano, quando já tiver 37 anos? Eu não sei.”

Comentários

Comentários