Pedro Sousa: “Estava completamente esgotado. Nem sei como é que ganhei na terça-feira”

0

Algum dia teria de acontecer, e esse dia foi hoje: onze vitórias depois, Pedro Sousa voltou a perder em torneios do circuito Challenger. Em Alphen, na Holanda, o número 2 nacional ainda dispôs de serviço para selar o apuramento para os quartos de final, tendo anulado ainda oito pontos de encontro, mas a verdade é que foi o holandês Tallon Griekspoor quem seguiu em frente.

“Obviamente que não é fácil, mas é a vida. Foi um jogo duro de princípio ao fim, estava completamente esgotado fisicamente. Nem sei como é que ganhei o jogo na terça-feira, ontem nem consegui treinar, tive que descansar, e hoje especialmente estava bastante cansado”, contou, em declarações ao RAQUETC.

Ainda assim, Pedro Sousa, em grande forma esta época, nunca deixou de lutar. “Dei o máximo, tentei lutar até onde deu. Estive perto de ganhar, mas não consegui. Ainda salvei match points, mas acabei por perder”, sublinhou.

O tenista português chegou à Holanda depois de ter conquistado, no passado domingo, o título de campeão do Challenger de Como, e não percebeu a razão pela qual jogou em solo holandês logo na 3.ª feira.

“Não me queria queixar mas o que o árbitro me fez esta semana não é normal. Ninguém percebeu o porquê de eu ter jogado terça-feira vindo de uma final no domingo. Acabou este torneio e agora é descansar para a Taça Davis”, afirmou.

A seleção alemã vem a Portugal sem os irmãos Zverev e sem Philipp Kohlschreiber na comitiva. Pedro Sousa destaca o fator casa e assegura que os comandados de Nuno Marques vão dar tudo para vencer esta eliminatória. “Nós jogamos em casa, mas eles também têm uma grande equipa. Não vem o Zverev mas vêm outros grandes jogadores. Vamos dar o nosso melhor para chegar ao Grupo Mundial”.

Questionado sobre se está pronto para ir a jogo, o lisboeta remeteu a decisão para o selecionador português. “O Nuno [Marques] é que sabe quem é que vai colocar. Qualquer um de nós está pronto para jogar, mas a decisão é dele. Todos querem jogar e ele é que vai decidir isso”, sentenciou.

Comentários

Comentários