Fotografias: Maria Sharapova vai jogar o US Open com um vestido adornado de diamantes

0

Maria Sharapova, Riccardo Tisci e a Nike. Para os mais distraídos — ou simplesmente para aqueles que não acompanham o mundo da moda –, este pode parecer um trio improvável, mas quem conhece minimamente Maria Sharapova sabe que a russa sempre gostou de estar envolvida em mais do que uma vertente. Não deixa, ainda assim, de ser surpreendente aquilo que a revista VOGUE anunciou esta quarta-feira.

Naquela que foi uma colaboração inédita (e, quem sabe, revolucionária), a tenista e o estilista trabalharam até chegarem a um vestido presto que é adornado de diamantes da marca Swarovski. Mas há mais: porque não se trata de uma “modelo” qualquer, mas sim de uma atleta profissional, esse vestido foi pensado para o regresso de Maria Sharapova aos torneios do Grand Slam e será utilizado nas sessões noturnas.

Em entrevista à revista VOGUE, que publicou a peça esta quarta-feira, Sharapova explica que “nunca houve dúvidas em relação à cor: soubemos sempre que ia ser preto”. Afinal, foi com uma peça dessa cor que em 2006 ergueu o troféu de campeã em Nova Iorque.

Quanto a Riccardo Tisci — que foi diretor criativo da Givenchy –, o estilista conta que “esta é uma colaboração que fazia muito sentido acontecer” e fala da principal inovação que há neste vestido: “Nunca se utilizaram cristais num equipamento para um jogador de ténis.”

Do papel, o estilista e a tenista passaram, depois, à ação e também a Nike esteve envolvida em variadíssimos testes. Afinal, não são todos os dias que se testam equipamentos desportivos com cristais “e há várias normas a seguir.”

Para além do vestido que Maria Sharapova vai utilizar nos seus encontros em sessão noturna, Riccardo Tisci desenhou ainda um casaco bomber. As peças serão postas à venda no dia 26 de agosto em lojas da Nike, respetivamente a 500 e 700 dólares.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBeloura: Nuno Deus vergado na primeira ronda
Próximo artigoSofia Araújo garante acesso ao quadro principal do torneio de Alicante
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."