Caldas da Rainha: Gonçalo Falcão segue em frente

Depois dos desaires de Nuno Deus e Miguel Semedo na jornada de ontem e de Tiago Cação já esta quarta-feira, Gonçalo Falcão tornou-se no segundo tenista português a apurar-se para os oitavos de final do Future de 15.000 dólares das Caldas da Rainha. Antes, Francisco Cabral havia derrotado o qualifier Davide Albertoni, por 6-1 e 6-4.

Num confronto que teve lugar no Court 1 do Clube de Ténis das Caldas da Rainha, o experiente jogador lisboeta de 29 anos de idade, esta semana colocado no 1265.º posto da tabela individual, levou de vencida o mais jovem Guilherme Osório (1500.º), que recebeu um wild card para aceder diretamente ao quadro principal, por 6-3 e 6-2 em uma hora e 34 minutos de desafio.

Na luta por uma vaga nos quartos de final, Falcão irá agora ter a oposição do britânico Edward Corrie, atual número 380 ATP e precisamente o carrasco de Tiago Cação.

André Gaspar Murta desistiu ainda no primeiro set

Estavam decorridos 35 minutos de jogo quando André Gaspar Murta (698.º) desistiu de continuar em prova. O algarvio perdia por 4-2 frente ao russo Mikhail Korovin, número 1014 mundial.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.