João Sousa à porta do top 50; Pedro Sousa e Nuno Borges com máximos de carreira

0

Depois de uma semana repleta de ação nos torneios WTA de Washington e Stanford e nos torneios ATP de Washington, Los Cabos e Kitzbuhel é tempo para uma atualização nas hierarquias.

Ranking ATP:

No panorama internacional, Kevin Anderson é um dos destaques da semana. O sul-africano era o 45.º na hierarquia masculina e figura esta semana no 32.º posto. O norte-americano Jack Sock encontra-se esta semana na 17.ª posição, depois de escalar três lugares. Não houve alterações no top 10 mundial.

Boas notícias para os tenistas portugueses

João Sousa, finalista em Kitzbuhel, está na 51.ª posição, depois de escalar 11 postos. O tenista de Guimarães encontra-se assim à porta da reentrada no top-50, onde já não figura desde o início de maio. Pedro Sousa, o segundo português com melhor classificação internacional e vencedor do Challenger de Liberec, atingiu esta segunda-feira a melhor classificação da sua carreira — o 126.º lugar.

Nuno Borges tem vindo a revelar-se no circuito Future, onde conta já com 2 títulos. O jovem que se encontra a estudar nos Estados-Unidos está no 578.º posto, fruto de uma subida de 97 (!) lugares. A classificação de todos os tenistas lusos pode ser consultada aqui.

Ranking WTA:

Entre as senhoras, é Madison Keys quem merece mais atenção. A norte-americana, vencedora do torneio de Stanford, está na 17.ª posição, muito perto do top-15. CiCi Bellis é ainda muito jovem mas tem vindo a consolidar a sua posição no circuito feminino. Aos 18 anos, a tenista ocupa o 36.º posto, depois de uma subida de 8 posições. O top 10 manteve-se inalterável.

As tenistas portuguesas registaram maioritariamente descidas. Só Michelle Larcher de Brito e Maria João Koehler é que escalaram alguns lugares. Michelle Larcher de Brito é a 315.ª, ao passo que Inês Murta é a 587.ª. Às duas primeiras portuguesas seguem-se, por ordem, Maria João Koehler, Francisca Jorge, Inês Mesquita e Lúcia Quitério.

Comentários

Comentários