Emily Arbuthnott e Emilie Francati conquistam o título de pares femininos no Porto Open

PORTO – Chegou ao fim o primeiro dia de finais do Porto Open 2017. Depois de Tiago Cação e Nuno Deus ficarem com o título no quadro de pares masculino, foi a vez de Emily Arbuthnott e Emilie Francati erguerem os troféus de campeãs de pares do torneio ITF portuense.

Terceiras cabeças de série, Arbuthnott e Francati chegaram à final de forma no mínimo curiosa: tiveram um bye na primeira ronda e beneficiaram de um walkover nos quartos de final, pelo que o primeiro encontro que disputaram foi o das meias-finais, onde derrotaram as primeiras cabeças de série.

Já este sábado, levaram a melhor sobre Gaia Sanesi e Lucrezia Stefanini, por 6-4 e 6-3, para ficarem com o título, juntando-se aos dois portugueses na lista de campeões do Porto Open 2017.

Amanhã, será dia de se conhecerem os campeões de singulares. Na final feminina, que tem início às 11h30, a primeira cabeça de série Michaela Honcova defronta a segunda, Sara Cakarevic. Depois, às 14h30, João Monteiro mede forças com Javier Marti pelo título de campeão de singulares masculinos. A entrada no Clube de Ténis do Porto para o último dia do Porto Open tem o custo de 3€, sendo gratuita para federados.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."