Inês Murta despede-se do Porto Open nos quartos de final

Inês Murta (578.ª), a segunda melhor portuguesa no ranking mundial e única portuguesa ainda em prova na vertente de singulares, foi afastada da 18.ª edição do Porto Open nos quartos de final.

Finalista o ano passado, a sexta cabeça de série da prova não resistiu à terceira melhor cotada, a italiana Lucrezia Stefanini (541.º), acabando eliminada esta sexta-feira ao fim de dois sets pelos parciais de 6-2 e 7-6(2).

Com o afastamento da algarvia, o quadro principal feminino fica sem qualquer representante lusa. A jovem de 20 anos segue agora para Las Palmas, em Espanha, para disputar na próxima semana mais um ITF de 15.000 dólares.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.