Dominic Thiem sobre os tenistas do Big 4: “São realmente especiais”

0

Dominic Thiem é apontado como futuro número 1 mundial e campeão de torneios do Grand Slam. Contudo, o austríaco de 23 anos, que tal como Alexander Zverev e Nick Kyrgios já está num patamar superior aos teenagers que estão a aparecer no circuito, mantém os pés bem assentes na terra.

“Ainda precisamos de vencer muitos jogos para sermos considerados os próximos grandes nomes do ténis. É bom ouvir isso, mas creio que nós os dois [ele e Zverev] ainda temos um caminho bastante longo”, afirmou o austríaco, citado pelo website Sport24, esta segunda-feira, em Washington.

Já com oito títulos no currículo, Dominic Thiem tem o privilégio de partilhar o court com quatro lendas da modalidade, como são os casos de Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Murray. “Eles são realmente especiais. Não é comum ter quatro jogadores deste calibre numa geração”, observou o austríaco, 7.º classificado do ranking.

Ainda assim, Thiem considera que o circuito agora está mais aberto. “Creio que está a ficar melhor para os outros tenistas, que começam agora a aparecer nos torneios. No entanto, nos Grand Slams é preciso eliminar dois ou três deles [do Big 4] durante a prova. É por isso que os outros jogadores não vencem os grandes títulos”, analisou.

Dominic Thiem tem o estatuto de cabeça de série número 1 no Citi Open, algo que não muda a sua atitude pois a concorrência é muito feroz. “É óbvio que é bom ser o primeiro pré-designado aqui, mas isso não muda nada porque os tenistas que estão atrás de mim são realmente muito fortes”, frisou.

Comentários

Comentários