Pedro Sousa sobe a n.º 2 nacional; Rublev e Vekic pela 1.ª vez no top-50

0

Atualizados os rankings, numa semana em que nenhum top-10 ATP foi a jogo, o respetivo topo da hierarquia não sofreu qualquer alteração. O destaque no ranking masculino vai para o jovem de apenas 19 anos, Andrey Rublev, tenista que somou o primeiro título ATP na carreira esta semana subindo assim para a 49.ª posição.

Se no ranking masculino não houve alterações nos lugares cimeiros, no feminino o cenário foi ligeiramente diferente, com Johanna Konta a perder três lugares no top-10 ao cair para a 7.ª posição.

A maior subida na classificação foi protagonizada por Irina-Camelia Begu, que ascendeu 20 posições até ao 39.º lugar do ranking WTA. Também Donna Vekic (50.ª) é destaque no ranking pela estreia entre o lote das 50 melhores tenistas do mundo.

Portugueses:

No que diz respeito à classificação dos tenistas portugueses no ranking mundial, o grande destaque vai para a ‘subida’ de Pedro Sousa (156.º) a número dois nacional. O lisboeta beneficiou da ‘queda’ de 28 posições de Gastão Elias para o 167.º posto da hierarquia (pior classificação desde outubro de 2015). O número um português, João Sousa, subiu duas posições e é agora o 61.º ATP.

Quanto a novos máximos de carreira, Gonçalo Oliveira, semifinalista no Challenger de Poznan, entrou pela primeira vez no top-250, sendo agora o número 248 mundial, e Nuno Borges que, volta à competição já esta semana, escalou dois lugares para o 652.º posto.

Do lado feminino, das 6 portuguesas no ranking mundial apenas duas subiram na classificação: Inês Murta e Maria João Koehler, sendo que o posto de número um nacional continua a ser ocupado por Michelle Larcher de Brito.

Comentários

Comentários