Karolina Plisková chega à liderança; Garbiñe Muguruza fecha o top 5

0

O torneio feminino de Wimbledon deu muito que falar, seja por uma inspirada Venus Williams a chegar à final num local onde já foi bastante feliz, seja por uma destemida Garbiñe Muguruza que não conquistava um título há algum tempo e chegou ao All England Club para fazer o que deixou a meio em 2015.

No top-10 houve severas alterações com a entrada dos pontos do torneio do Grand Slam de relva. Karolina Plisková é o grande destaque da semana ao apoderar-se do trono do ténis feminino. Aos 25 anos, a tenista checa chega à liderança do ranking WTA pela primeira vez na sua carreira.

Angelique Kerber é agora a terceira melhor classificada, logo atrás de Simona Halep. Em quarto lugar surge Johanna Konta, com um novo máximo de carreira, e em quinto lugar aparece a campeã da edição deste ano do torneio de Wimbledon, Garbiñe Muguruza. Venus Williams ascendeu dois postos e está agora no nono lugar. Magdalena Rybarikova ocupa esta semana o 33.º lugar depois de escalar 54 lugares.

  1. (3) Karolina Plisková, 6855 pontos
  2. (2) Simona Halep, 6670
  3. (1) Angelique Kerber, 5975
  4. (7) Johanna Konta, 5110
  5. (15) Garbiñe Muguruza, 4990
  6. (5) Elina Svitolina, 4935
  7. (6) Caroline Wozniacki, 4780
  8. (8) Svetlana Kuznetsova, 4500
  9. (11) Venus Williams, 4461
  10. (10) Agnieszka Radwanska, 3985
    (…)

33. (87) Magdalena Rybarikova, 1479

Portuguesas:

Entre as portuguesas, confirma-se a saída de Michelle Larcher de Brito do top-300 da hierarquia. A número um nacional aparece esta semana classificada na 317.ª posição. Inês Murta continua a ser a segunda tenista portuguesa com melhor classificação, o 582.º lugar. Maria João Koehler é a 708.ª e Francisca Jorge é a 873.ª, fixando-se na sua melhor classificação de sempre. Inês Mesquita e Lúcia Quitério fecham o lote de tenistas portuguesas presentes na lista mundial feminina com as 1145.ª e 1157.ª posições, respetivamente. Também esta classificação é a melhor da carreira de Lúcia Quitério.

Comentários

Comentários