Roger Federer: “Espero que um dia os meus filhos percebam o que eu vivi aqui”

0

Pai de quatro filhos, duas gémeas e dois gémeos, Roger Federer teve na bancada estes quatro elementos muito especiais na sua vida e as suas presenças foram tema de conversa na entrevista feita no final do encontro, entrevista essa que provocou muitas gargalhadas.

Se na final de 2012, ano em que o suíço venceu o 7.º título em Wimbledon Charlene e Myla estavam presentes, na altura com apenas 2 anos, o mesmo não se pode dizer de Leo e Lennart, que nasceram dois anos depois.

Questionado sobre a presença dos rapazes no seu camarote, o tenista de 35 anos afirmou que estes ainda não têm bem noção do que estavam a viver, acabando mesmo por brincar com a situação.

“Eles não fazem a mínima do que é que se passa aqui. Eles pensam que isto é uma boa vista e um bom sítio para brincar, mas não é bem assim. Por isso, espero que um dia percebam o que eu vivi aqui. É muito especial”, comentou, contando que a história para as filhas já é um pouco diferente.

“Elas divertem-se um pouco a ver-me, vieram para ver a final julgo eu (risos). É um grande momento para nós enquanto família”, finalizou.

Comentários

Comentários