Portugal perdeu para a campeã Rússia mas ainda pode conseguir melhor classificação de sempre

A seleção da Rússia foi a única a conseguir travar a brilhante prestação da seleção portuguesa no Campeonato do Mundo por Equipas de ténis de praia, que se realiza em Moscovo.

A seleção da casa, campeã em título e uma das grandes candidatas à vitória, começou por ver Liudmila e Nikoyan e Irina Glimakova derrotarem Manuela Cunha e Ana Catarina Alexandrino por 6-1 e 6-3, a que se seguiu o triunfo de Nikita Burmakin e Igor Panin frente a Henrique Freitas e Pedro Maio por equilibrados 3-6, 7-5 e 6-1.

Apesar da derrota nos quartos de final, onde figurou pela segunda vez, Portugal ainda pode terminar o Campeonato do Mundo na sua melhor posição de sempre: em 2014, também na Rússia, a equipa lusa ficou em 8.º lugar, classificação que vai procurar melhorar no play-off do 5.º ao 8.º posto.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."