Cantanhede: Maria João Koehler entrou de rompante

Maria João Koehler (699.ª), a penúltima tenista portuguesa a entrar em ação na edição deste ano do Cantanhede Ladies Open, não ofereceu grandes hipóteses à sua primeira adversária, a qualifier norte-americana Sarah Leonard.

Em apenas 67 minutos de jogo, a antiga número 1 portuguesa ainda viu a norte-americana liderar por 2-0 na segunda partida, mas acabou por condená-la a uma derrota com os parciais de 6-0 e 6-2.

A sua próxima oponente sairá do confronto que opõe Marta Oliveira, contemplada com um wild card para o quadro principal, à qualifier espanhola Pilar Astigarraga Harper.

Ao início da tarde desta quarta-feira, Cláudia Gaspar já havia garantido que pelo menos uma tenista portuguesa estará nos quartos de final deste torneio que distribui 15 mil dólares em prémios monetários.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com