Jelena Ostapenko: “Acho que mereço jogar num court melhor do que o 12”

Depois de Angelique Kerber, também Jelena Ostapenko abordou o tema da programação da tradicional Manic Monday, que a viu jogar o encontro dos oitavos de final de Wimbledon no Court No. 12.

Em declarações à imprensa presente no All England Club depois da vitória sobre Elina Svitolina, e citada pelo Sport 360, a campeã de Roland Garros não escondeu a sua opinião: “Acho que mereço jogar num court melhor do que o número 12”, começou por dizer.

Aos 20 anos, a jovem letã está a ser uma das grandes sensações da temporada e, depois de ter ganho no Major francês o seu primeiro título, acrescenta mais: “Fiquei surpreendida. E a Elina é número 4 do mundo. Acho que o nosso jogo era muito interessante. Puseram-nos no Court 12, que não é mau, tem olho de falcão, mas achei que íamos jogar num court maior.”

A programação do torneio de Wimbledon tem sido um assunto abordado dia após dia nas redes sociais e até por jogadores, tendo surgido nesta segunda-feira à noite um novo capítulo devido à decisão sobre o encontro entre Novak Djokovic e Adrian Mannarino.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."