Frederico Silva: “Fico contente por ter chegado à final, mas desiludido por este último jogo”

TORRES VEDRAS – Impedido de celebrar o terceiro título da temporada após sair derrotado da final da 1.ª edição do Future de Torres Vedras, Frederico Silva esteve à conversa com o RAQUETC no final do encontro.

O português, segundo cabeça de série do torneio, considerou ter feito um jogo menos conseguido, afirmando no entanto que a qualidade do seu adversário teve influência nessa exibição.

“Não foi dos meus melhores jogos. Neste torneio fiz jogos bem melhores, mas tenho de dar um pouco de mérito ao Ortega, que fez um excelente jogo. Não cometeu muitos erros e não me permitiu jogar o meu melhor ténis”, admitiu o número 6 nacional, que considera ter feito uma boa semana no cômputo geral.

“Estou contente com a semana que fiz. Nas últimas semanas tenho estado a jogar em terra batida e este torneio foi o meu primeiro torneio em piso rápido de há algum tempo para cá. Fico contente por ter conseguido fazer um bom torneio e ter chegado à final, mas desiludido por este último jogo”, disse o tenista de 22 anos que volta a competir já na próxima semana na Póvoa do Varzim.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.