João Monteiro já está nas meias-finais do Futures de Torres Vedras

TORRES VEDRAS – É a caça às finais (e aos títulos): depois da vitória no Open de São Domingos e da final no Open de Setúbal, João Monteiro quer disputar mais uma final de um torneio profissional em solo português e esta sexta-feira deu um passo importante, ao garantir a passagem às meias-finais do torneio Future que se realiza no Clube de Ténis de Torres Vedras.

Em muito boa forma, o portuense de 23 anos, quarto pré-designado, teve David Perez Sanz como adversário pela primeira vez na carreira e depois de um começo mais lento, marcado também por algumas chamadas duvidosas, voltou a dar-se bem nos courts de piso rápido deste novo torneio, conseguindo a vitória em duas partidas (6-3 e 7-6[4]) no primeiro encontro do dia.

A vitória alcançada nesta sexta-feira foi a 17.ª de João Monteiro nos últimos 18 encontros que o tenista português — atual 352.º classificado no ranking — disputou em torneios Future, números que se traduzem na melhor fase da carreira até ao momento.

Depois de duas finais frente a Nuno Borges, João Monteiro pode ter pela frente mais um encontro frente a um tenista português, desta feita nas meias-finais de sábado. Para isso, Frederico Silva, que é o segundo cabeça de série e já venceu dois torneios este ano, terá de derrotar Jaime Pulgar Garcia no último duelo do dia.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."