Torres Vedras: Gonçalo Falcão derrotado pelo primeiro cabeça de série

TORRES VEDRAS – Terminou esta quinta-feira a participação de Gonçalo Falcão no quadro principal de singulares do Futures Torres Vedras. Depois de passar toda a fase de qualificação e ainda a primeira ronda na grelha principal, o português não resistiu ao primeiro cabeça de série.

À procura de uma grande vitória frente ao carrasco de Nuno Borges na primeira eliminatória (e número 284 do ranking), Falcão entrou bem e conseguiu manter-se na luta do primeiro set até ao décimo jogo, momento em que o tenista francês fez o break que lhe permitiu passar a liderar.

Depois, já com um set na mão, foi uma questão de resistência até que Albano Olivetti conseguisse uma nova quebra de serviço para garantir a vitória, com os parciais de 6-4 e 6-3, e assim marcar presença nos “quartos”, impedindo o tenista luso de se juntar a João Monteiro e Frederico Silva.

Num dos últimos encontros de singulares do dia, Fred Gil vai tentar defender o estatuto de sétimo cabeça de série frente ao espanhol David Perez Sanz.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."