Diogo Schaefer/Aris Patiniotis e Sofia Araújo/Kátia Rodrigues voltam a vencer, agora o Open Factory

Mais uma semana, mais um troféu para as duplas Diogo Schaefer/Aris Patiniotis e Sofia Araújo/Kátia Rodrigues, que este fim de semana venceram os quadros de M1 e F1, respetivamente, do Open Factory — mais um torneio de categoria 5000 integrado no calendário de provas da Federação Portuguesa de Padel e que decorreu na Padel Factory, em Sintra.

Principais candidatos ao título, Schaefer e Patiniotis voltaram a dar poucas hipóteses às duplas adversárias e não cederam qualquer set rumo ao título: começaram por derrotar Francisco Freitas/Tomás Nunes (6-3 e 6-0), depois André Maia/Peu Araújo (6-3, 6-3), João Roque/Tomás Mendes (6-1 e 6-3) e, já na final, mais equilibrada, os cabeças de série número 3, Pedro Plantier e Tiago Santos, por 7-6(3) e 7-5.

Na competição feminina, Sofia Araújo e Kátia Rodrigues até foram derrotadas no primeiro encontro (6-7[4], 6-3 e 7-10] da fase de grupos, mas a partir daí não mais perderam (7-5 e 6-4 a Carmo Murça e Maria Vilar e ainda 6-1 e 6-2 a Bruna Melo e Margarida Fernandes para passarem o grupo). Já na fase a eliminar, levaram a melhor sobre Meitxell e Tânia Couto, com parciais de 6-2 e 6-1, e desforraram a derrota para Mendonça e Medeiros no primeiro duelo de todos para vencerem a final: 7-6(4) e 7-6(3).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."