João Monteiro aplica “bicicleta” e vai lutar pelo título no Future de Setúbal

Os dias passam e João Monteiro continua a somar vitórias atrás de vitórias no circuito Future. Este sábado, o tenista portuense não perdeu qualquer jogo e derrotou o italiano Erik Crepaldi para chegar à final do Future de Setúbal, que se joga em piso rápido e distribui 15.000 dólares em prémios monetários.

Vindo do título no Open de São Domingos, o tenista português de 23 anos procurava a 14.ª vitória consecutiva em torneios Future e não deu quaisquer hipóteses ao número 580 do mundo (e sexto cabeça de série), vencendo por 6-0 e 6-0 em 54 minutos para chegar a mais uma final.

Depois das vitórias nos torneios de Sta. Margarida Montbui, em Espanha, e São Domingos de Benfica, o tenista portuense (que é o atual número 398 do ranking mas tem já garantida a subida ao melhor ranking de carreira nas próximas semanas) lutará agora pelo 4.º troféu de campeão da carreira numa decisão que se disputa já este domingo.

O jogo do título será, aliás, tal e qual como o do Open de São Domingos, disputado no último fim de semana: João Monteiro de um lado, Nuno Borges do outro. Os dois portugueses estão a atravessar as melhores fases das respetivas carreiras e vão uma vez mais lutar pelo título, que já se sabe ficará, por isso, nas mãos de um jogador português.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."