Marin Cilic a um passo do top-5; Feliciano López de novo no lote dos 25 primeiros

Foto: Twitter Aegon Championships

A temporada de relva está prestes a atingir o seu ponto alto, com a realização do torneio de Wimbledon, e na semana passada decorreram os torneios ATP 500 de Queen’s e Halle. Do primeiro, saiu vencedor Feliciano López, já no segundo, o vencedor foi um nome bastante conhecido do público, Roger Federer.

Esta semana, dentro do top-10, a única alteração é a subida de Marin Cilic ao sexto posto e a consequente descida de Milos Raonic ao sétimo lugar. Andy Murray continua a ser o líder da hierarquia masculina, seguido de Rafael Nadal, Stan Wawrinka e Novak Djokovic. Roger Federer é o quinto, ao passo que Dominic Thiem, Kei Nishikori e Jo-Wilfried Tsonga são oitavo, nono e décimo, respetivamente.

Feliciano López, com a vitória no Aegon Championships, garantiu lugar dentro dos 25 primeiros do ranking, no 25.º lugar. Karen Khachanov fixou um novo máximo de carreira. A jovem promessa russa encontra-se esta semana no 34.º lugar, depois de ascender quatro postos. Robin Haase continua a surpreender os jogadores mais bem cotados no ranking e ao atingir os quartos-de-final do torneio de Halle, escalou quatro lugares na hierarquia, para figurar na 38.ª posição.

Daniil Medvedev chegou aos quartos-de-final do torneio de Londres, cedendo apenas para Grigor Dimitrov em três duros sets. Esta prestação no torneio valeu-lhe a melhor classificação da sua carreira, o 52.º posto. O atleta russo subiu 8 lugares.

1. Andy Murray (Grã-Bretanha), 9.390 pontos
2. Rafael Nadal (Espanha), 7.285 pontos
3. Stan Wawrinka (Suíça), 6.175 pontos
4. Novak Djokovic (Sérvia), 5.805 pontos
5. Roger Federer (Suíça), 5.265 pontos
6. Marin Cilic (Croácia), 4.235pontos
7. Milos Raonic (Canadá), 4.150 pontos
8. Dominic Thiem (Áustria), 3.895 pontos
9. Kei Nishikori (Japão), 3.830 pontos
10. Jo-Wilfried Tsonga (França), 3.075 pontos
(…)
25. Feliciano Lopez (Espanha), 1.675 pontos
34. Karen Khachanov (Rússia), 1.176 pontos
52. Daniil Medvedev (Rússia), 864 pontos

Portugueses:

João Sousa continua a liderar a armada lusa na hierarquia mundial masculina. O jogador oriundo de Guimarães está no 58.º posto, perdendo um posto esta semana. Gastão Elias perdeu 3 lugares e está no 113.º lugar, enquanto Pedro Sousa fixou-se no 153.º. João Domingues caiu dois lugares e já não se encontra entre os 200 primeiros (201.º). Frederico Silva, Bernardo Saraiva e Nuno Deus foram os únicos portugueses a subir no ranking mundial masculino. Consulte a classificação dos restantes portugueses clicando aqui.

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.