Nuno Borges: “Sempre foi um sonho meu jogar contra o Fred”

Sem ceder qualquer set nos seus cinco encontros já disputados no 2.º Open de São Domingos, Nuno Borges alcançou esta sexta-feira um feito inédito na sua carreira ao apurar-se para as meias finais de um torneio Future pela primeira vez na carreira.

O tenista natural da Maia derrotou sem grandes dificuldades Fred Gil, num encontro que já sonhava há alguns anos, mas que não esperava tão desequilibrado.

“Sempre foi um sonho meu jogar contra o Fred. Desde pequeno que o vejo jogar no top mundial e sempre foi um desejo jogar contra ele. É ótimo sair daqui vitorioso e tem um sabor especial”, disse o jovem de 20 anos.

“Já o conhecia bem e tinha bem noção do que ele é capaz de fazer. Não esperava que o jogo fosse tão para o meu lado, mas fiz exatamente o que tinha de fazer para contrariar o jogo dele”, comentou.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.