Félix Auger-Aliassime conquista primeiro título Challenger da carreira aos 16 anos

É um nome que vale a pena memorizar: Félix Auger-Aliassime. Aos 16 anos, a jovem promessa canadiana sagrou-se campeã do Challenger de Lyon, em França, para conquistar o primeiro título da carreira na “segunda divisão” do circuito ATP e tornar-se no 7.º mais novo da história a fazê-lo.

A caminhada de Auger-Aliassime (que entrou no torneio como número 332 do mundo e sairá como 232.º) começou graças a um wild card que lhe foi entregue pela organização. No primeiro encontro, derrotou Nicolas Jarry por 6-4, 4-6 e 6-2; depois, Laurynas Grigelis por 6-7(6), 6-1 e 6-4, Casper Ruud por 6-7, 6-7(4) e 6-4 e Aleksandr Nedovyesov, com 6-0 e 6-3, até à final.

No derradeiro encontro, Félix Auger-Aliassime levou a melhor sobre Mathias Bourgue (171.º) por 6-4 e 6-1 para ficar com o cheque de 9.200€ e 90 pontos para o ranking, que o fazem chegar à melhor classificação da carreira.

Ao sagrar-se campeão do torneio de Lyon, Auger-Aliassime torna-se no 7.º tenista mais novo da história a conquistar um torneio Challenger e o mais novo desde que Bernard Tomic, então com 16 anos, o conseguiu fazer em Melbourne, na Austrália.

Mas há mais: o tenista canadiano junta-se a Rafael Nadal, Richard Gasquet, Michael Chang, Bernard Tomic, Marcio Carlsson e Marcos Ondruska no restrito grupo de jogadores a terem triunfado num Challenger aos 16 anos ou menos.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."