Pedro Sousa satisfeito com o apuramento para os oitavos de final do Lisboa Belém Open

LISBOA – Pedro Sousa precisou de apenas 57 minutos para garantir o apuramento para os oitavos de final do Lisboa Belém Open e no final do encontro, em declarações feitas em conferência de imprensa, afirmou estar satisfeito com a sua exibição e respetiva vitória.

“Senti-me bem. Não sei o que vos pareceu, mas gostei do meu jogo e agora é tentar continuar desta forma nos próximos dias. Hoje, às 11h, para mim estava ótimo, nem muito rápido nem muito lento e as condições para mim estavam boas”, comentou sobre o encontro, que era suposto ter sido realizado na jornada de ontem.

“Obviamente que é um bocado chato estar o dia todo à espera e ter de estar preparado, mas tive de superar isso e hoje já foi tudo normal. Não houve grande diferença ser hoje ou não”, desvalorizou o tenista de 29 anos, falando de seguida da sensação de jogar em casa.

“Obviamente que é diferente. Já joguei aqui [Taça] Davis umas quantas vezes, o Challenger é a primeira vez [que jogo aqui] e hoje correu bem mas amanhã vamos ver”, disse o número 154 mundial.

Quanto ao próximo adversário, o argentino Federico Coria, o tenista lisboeta afirma conhecer bem. “Conheço, vai ser um jogo difícil, ele já me conhece bem também. Há alguns anos que jogamos os mesmos torneios, especialmente na América do Sul, e vai ser difícil. Vou ter de dar o meu melhor para ganhar. Espero pelo menos uma exibição como a de hoje, acho que estaria mais perto da vitória”, reconheceu.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.