Frederico Silva conquista o 10.º título da carreira

No dia em que o mundo tenístico está com olhos postos na final da 116.ª edição de Roland Garros, em Paris, que o pode conferir a tão famigerada “La Décima” ao glorioso palmarés de Rafael Nadal, Frederico Silva (407.º) confirmou o favoritismo na final do Future de Hammamet, arrecadando o seu 10.º título individual naquele circuito.

Apesar da discrepância de rankings entre os dois tenistas, o encontro do caldense de 22 anos com o brasileiro Fabiano de Paula (589.º), de 28, foi pautado pelo equilíbrio nas duas partidas (na primeira Frederico Silva chegou a estar a perder por 4-2), com o número 6 nacional a triunfar por 6-4 e 6-4, ao cabo de uma hora e 48 minutos.

Este é o segundo título da época para Frederico Silva e o quinto da carreira conquistado em solo estrangeiro. O pupilo de Pedro Felner vai rumar agora ao CIF, em Lisboa, para jogar a 1.ª edição do Lisboa Belém Open, onde já sabe que terá como primeiro adversário o brasileiro Guilherme Clezar (267.º).

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.