Lisboa Belém Open: Fred Gil entra a ganhar no regresso ao circuito Challenger

LISBOA – Começou bem a campanha de Fred Gil no Lisboa Belém Open, com o tenista português a ultrapassar a primeira ronda da fase de qualificação do único torneio ATP Challenger a jogar-se em solo português para regressar com um triunfo à “segunda divisão” do circuito masculino, onde já não jogava desde 2015.

Com o atualmente mais cotado e igualmente experiente Steven Diez (182.º no ranking) pela frente, o jogador sintrense de 32 anos (436.º) conseguiu estrear-se com uma exibição sólida para vencer, por 6-3 e 7-6(4), e passar à segunda de três rondas do qualifying.

Em ação no Estádio CIF (o maior dos quatro campos de competição utilizados no Lisboa Belém Open, que se realiza no CIF – Club Internacional de Foot-Ball, em Lisboa), Gil até foi o primeiro a sofrer o break, mas conseguiu reagir muito bem e perfeitamente a tempo de controlar o primeiro parcial.

Depois, foi uma questão de manter o bom nível a que se apresentou para levar a melhor também no segundo set e vencer o encontro quando o relógio apontava 2h01 de encontro, juntando-se assim a Tiago Cação — o primeiro português a somar uma vitória no torneio — na segunda fase.

Com a vitória no bolso na estreia daquele que é o primeiro torneio Challenger ATP que disputa desde que participou no qualifying de Braunschweig, na Alemanha, no verão de 2015, Fred Gil fica agora à espera do vencedor do encontro entre Diogo Lourenço,um dos tenistas convidados pela organização, e Gabor Borsos para conhecer o seu próximo adversário.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."