Vídeo: Novak Djokovic não gostou de levar um warning de Carlos Ramos e ambiente aqueceu

Forçado a jogar cinco sets no seu encontro referente à terceira ronda de Roland Garros, Novak Djokovic viveu alguns momentos de maior tensão com o arbitro de cadeira, o português Carlos Ramos.

Jogava-se o final do quarto set, quando o português deu um warning ao número dois mundial, que momentos antes tinha dirigido palavras em sérvio na direção da cadeira em modo de desabafo e simulado atirar uma bola na sua direção.

Contudo, Carlos Ramos entendeu que essas palavras tinham sido dirigidas a si, acabando por sancionar tenista natural de Belgrado. Esta foi a reação de Djokovic:

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.