João Sousa exibe-se a bom nível mas cai perante Djokovic em Roland Garros

0

Chegou ao fim a participação portuguesa nos quadros principais de Roland Garros após João Sousa ter sido eliminado na segunda ronda do segundo Grand Slam da temporada pelo número dois mundial.

O número um nacional, que somou em Paris o primeiro triunfo após seis desaires consecutivos sem ceder qualquer set frente a Janko Tipsarevic, tinha a dura tarefa de encarar o segundo cabeça de série da prova, Novak Djokovic, tenista contra quem nunca havis vencido um set nos três anteriores encontros.

A jogar contra o sérvio pela quarta vez na carreira — terceira em Grands Slams — João Sousa voltou a não ter armas suficientes para contrariar o ténis do tenista natural de Belgrado, acabando derrotado em três sets pelos parciais de 6-1, 6-4 e 6-3, apesar da boa exibição nos doís últimos parciais.

Num encontro que nem começou da melhor forma para o vimaranense, que rapidamente se viu a perder por 5-0 no primeiro set, foram os segundos e terceiros parciais que tiveram maior interesse. Depois de um um primeiro set de sentido único, João Sousa equilibrou bastante nos dois seguintes, jogando bem mais solto e assertivo, tendo mesmo as suas oportunidades de se adiantar na terceira partida, que foram sempre anuladas pela maior experiência do sérvio e rigor nos pontos importantes.

Com um ponto final dado na participação do tenista de 28 anos em Roland Garros, Sousa iniciará agora a temporada de relva, onde terá como primeiro torneio o ATP 500 de Halle.

Comentários

Comentários