Mats Wilander classifica de “ridícula” a interrupção do encontro entre Zverev e Verdasco

0

Foi um dos motivos de maior polémica esta segunda-feira em Roland Garros. Depois do encontro entre Fernando Verdasco e Alexander Zverev ter sido interrompido por volta das 20h30 de Paris (19h30 em Portugal Continental), devido à falta de luz natural, quando o marcador apresentava um set para cada lado, Mats Wilander veio comentar essa decisão, classificando-a de ridícula.

“Acho que foi completamente ridículo terem autorizado a paragem do encontro, com os jogadores a tomarem a decisão. Àquela hora podiam ter jogado pelo menos mais 30 minutos, o que podia ser suficiente para jogar o terceiro set”, disse o comentador do Eurosport em declarações recolhidas pela agência Reuters.

Para o ex-tenista, a experiência de Verdasco e inexperiência do alemão foram cruciais na decisão de parar, pois Wilander acredita que Zverev tinha o ascendente na partida naquele momento.

“Ele estava completamente por cima. Devia ter insistido para continuar a jogar. Milhares de pessoas no estádio queriam ver, e todos perdemos. A experiência do Verdasco compensou”, completou.

Comentários

Comentários