João Sousa reencontra caminho das vitórias e marca encontro com Novak Djokovic

0

Foi com uma vitória que João Sousa deu início à campanha portuguesa em Roland Garros. O número 1 nacional reencontrou o caminho das vitórias a tempo de dar a volta ao marcador perante Janko Tipsarevic, por 4-6, 7-6(3), 6-2 e 6-2, e está pela quarta vez na segunda ronda do Grand Slam francês. Mas há mais: é a primeira vez na carreira que o português vence pelo menos uma ronda em três Majors consecutivos.

Determinado em deixar para trás a série de derrotas que o persegue desde que chegou à segunda ronda do Masters 1000 de Monte Carlo, a meio do mês de abril, o número 1 nacional (e 59.º ATP) teve pela frente na estreia em Paris um jogador com muitas credenciais e que procura regressar ao topo do ténis. Prova disso foi o bom primeiro set de Tipsarevic, que assim partiu na frente do encontro.

Mas a reação não tardou e Sousa lutou “taco a taco” com o sérvio, ex-número 8 e atual 58.º ATP. Num duelo marcado pelo equilíbrio do início ao fim, acabou por ser o vimaranense quem levou a melhor no tie break do segundo parcial, que lhe permitiu igualar a contenda, respirar e reorganizar o encontro.

Mais próximo do nível a que habituou os portugueses com as suas conquistas ao longo das últimas épocas, Sousa entrou melhor no terceiro e quarto parciais, que acabaram por ser bastante idênticos. Com breaks nos primeiros jogos, o pupilo de Frederico Marques não deu hipóteses a Tipsarevic, que não teve espaço para tentar a reviravolta e assim acabou eliminado.

A vitória somada na terra batida parisiense coloca um ponto final na série de seis derrotas consecutivas de João Sousa (ao Mónaco juntam-se Barcelona, Estoril, Madrid, Roma e Genebra) e garante o regresso do número 1 português à segunda ronda de Roland Garros, onde já tinha chegado em 2013, 2015 e 2016.

O Grand Slam francês é o único onde Sousa ainda não conseguiu atingir a terceira eliminatória e a verdade é que o jogador português de 28 anos não terá tarefa fácil, dado que pela frente na próxima fase terá nada mais, nada menos do que Novak Djokovic, campeão em título e número 2 mundial.

Comentários

Comentários