Jelena Jankovic não descarta hipótese de terminar a carreira brevemente

0

Sem resultados dignos de registo para uma tenista com o seu palmarés desde outubro do ano passado, quando atingiu as meias-finais do torneio de Hong Kong, Jelena Jankovic admitiu esta segunda-feira que está cansada deste mau momento que atravessa.

“Estou um pouco em baixo, depois de tantos anos a jogar ao mais alto nível no circuito. As lesões que fui tendo ao longo dos anos também me cansaram a nível mental”, salientou a antiga número 1 mundial, em declarações publicadas no portal sérvio Sport Klub, ela que hoje caiu às mãos da qualifier Richel Hogenkamp (105.ª), por 6-2 e 7-5, na primeira ronda de Roland Garros.

Semifinalista em Paris por três ocasiões (2007, 2008 e 2010), a atual 63.ª classificada do ranking não colocou de parte a possibilidade de terminar a sua carreira profissional num futuro próximo. “Vamos ver… O que eu sei é que detesto perder, especialmente frente a tenistas que eu costumava derrotar facilmente”, sublinhou.

Jelena Jankovic completou 32 anos no passado dia 28 de fevereiro e o melhor resultado da temporada até ao momento foi conseguido no Open da Austrália, onde alcançou a terceira eliminatória.

Comentários

Comentários