João Antunes, treinador de Domingues: “Esta semana está a revelar todo o trabalho desenvolvido”

0

Do CIF – Club Internacional de Foot-Ball, em Lisboa, a Mestre, Itália, são cerca de 2.400 quilómetros e é a essa distância que João Antunes tem acompanhado com a maior das atenções os resultados dos atletas com que trabalha de forma diária. À conversa com o RAQUETC, o treinador falou da semana que João Domingues está a protagonizar e do que espera.

“Esta semana está a ser fantástica para o João. Depois de não ter entrado no qualifying de Roland Garros, esta semana está a revelar todo o trabalho que o João tem desenvolvido. Como equipa técnica não estamos surpreendidos com este e outros resultados pois acreditamos muito nas capacidades dele. As barreiras que tem quebrado dizem muito da qualidade do João e do ténis que consegue jogar. Creio que vai chegar muito longe pela sua mentalidade e ambição”, começou por contar ao RAQUETC depois de ver o seu pupilo chegar pela primeira vez à final de um torneio Challenger, em Mestre.

Acompanhar à distância, confessa, “é sempre mais difícíl”, mas “com os jogos a serem transmitidos em livestream torna-se mais fácil avaliar e poder ajudar” numa semana em que Domingues se faz acompanhar em Mestre, perto de Veneza, pelo preparador físico João Peralta. Nas palavras de Antunes, um dos três “Joões” de um trio que celebra cada vez mais sucessos, “o João (Domingues) neste momento está muito consciente do que tem e precisa de fazer, houve uma consolidação de rotinas e padrões competitivos fruto do trabalho que tem desenvolvido e da sua inteligência como atleta.”

Certo de que o jovem tenista português “vai seguir ambicioso e com muita vontade de ganhar” a sua primeira final em torneios da categoria, João Antunes afirma que Domingues “reteve experiências que lhe permitem estar preparado para este desafio” das finais que já disputou este ano, em eventos Future. E mostra-se confiante: “Mais do que tudo, ele vai ganhar!”

Ao mesmo tempo que celebra os feitos de João Domingues, João Antunes tem também festejado a excelente campanha de André Gaspar Murta em Hammamet, na Tunísia. O jovem algarvio sagrou-se este sábado vice-campeão de pares e hoje (domingo) vai lugar pelo título de singulares.

A trabalhar com André desde o início de março, o treinador disse ao RAQUETC que o atleta “está na tunísia acompanhado pelo André Podalka, que faz parceria comigo no trabalho com estes atletas” e estar “muito feliz pelo André, que tem trabalhado imenso e está a consolidar o nível de jogo.”

Do jovem algarvio de 22 anos, atual 652.º no ranking ATP, João Antunes disse ainda tratar-se de um jogador com “uma excelente capacidade de trabalho e muito disponível para aprender”, sendo agora necessário “tornar estes resultados mais frequentes para dar o salto no ranking” numa altura em que “o nível está a começar a ficar sólido.”

Nota: Artigo publicado no website às 12h56 deste domingo, altura em que tanto André Gaspar Murta como João Domingues ainda não tinham saído vitoriosos dos respetivos encontros [ver AQUI e AQUI].

Comentários

Comentários