André Gaspar Murta com hipóteses de dobradinha em Hammamet

0

João Monteiro não será o único tenista português a disputar uma final de singulares do circuito future este fim de semana, que pode ser verdadeiramente memorável para o ténis nacional. É que em Hammamet, localidade tunisina onde o ténis “nunca acaba”, André Gaspar Murta qualificou-se na manhã deste sábado para o derradeiro encontro do torneio.

Terceiro favorito ao título, o algarvio natural de Faro (652.º) soube jogar melhor os pontos importantes diante de Anis Ghorbel (651.º), quinto cabeça de série, confirmando o triunfo e consequente passaporte para a final com os parciais de 6-4 e 4-0, depois de ver o seu adversário desistir. O português converteu três das sete oportunidades de break que dispôs, enquanto o tunisino não concretizou uma única em oito possíveis.

O duelo de amanhã, que será disputado com Louis Chaix (1089.º) ou Mariano Kestelboim (480.º), marca o regresso a finais de André Gaspar Murta pela primeira vez desde julho de 2016.

Além da final de singulares, o número 9 nacional pode conquistar já hoje o troféu de pares da competição, precisamente ao lado de Anis Ghorbel, caso o tunisino esteja em condições de ir a jogo. A dupla mede forças com Boris Arias & Diego Hidalgo.

Comentários

Comentários