Bernard Tomic não descarta eventual orientação técnica dos irmãos Bryan

0

Em vésperas de iniciar a sua participação no torneio de Roland Garros, que arranca já este domingo, Bernard Tomic, que tem na terra batida a superfície onde surge mais vulnerável, parece ter-se virado para uma das maiores duplas de todos os tempos da modalidade: nada mais, nada menos do que os irmãos Bryan.

Instado a comentar sobre a alegada ajuda recebida pelos irmãos Bryan para o Major francês, o irreverente tenista australiano de 24 anos, treinado pelo seu pai, John Tomic, não confirmou nem desmentiu esse envolvimento.

“Não posso dizer que sim nem que não”, começou por referir o ex-top 20 mundial, em declarações à agência de notícias australiana, antes de acrescentar que os gémeos norte-americanos poderiam ajudá-lo no seu jogo sobre o pó de tijolo.

“Eles são duas lendas do circuito de pares e são bons amigos meus, pelo que simplesmente temos treinado juntos. Foi a primeira vez que aconteceu. Conheço-os bem, mas sinceramente não posso dizer mais nada”, reconheceu.

Tomic ressalvou que a terra batida é a superfície que lhe diz menos. “Como todos sabem, a terra batida não é a minha superfície preferida, mas estou aqui [em Paris] para dar o meu melhor. É tudo o que eu posso fazer”.

Comentários

Comentários