Pedro Sousa quebra jejum de 5 anos e entra a vencer em Roland Garros

Único português em prova na fase de qualificação de Roland Garros, Pedro Sousa foi também o protagonista do primeiro triunfo luso em solo parisiense, ao garantir o apuramento para a segunda ronda da qualificação, após um triunfo em dois sets.

Atualmente na 155.ª posição do ranking mundial, o tenista lisboeta não teve qualquer problema para confirmar o favoritismo no encontro de estreia, batendo o australiano Andrew Whittington (178.º) por 6-4 e 6-1, numa partida em que não cedeu por uma única vez o serviço e em que esteve particularmente bem nos break points que teve a seu favor, concretizando 4 de 5.

Esta é apenas a terceira vitória do número três nacional em torneios do Grand Slam — todas no qualifying — com as duas últimas a terem ocorrido em 2012, também em Roland Garros, falhando nos últimos oito torneios disputados o acesso à segunda ronda.

Na próxima ronda, Pedro Sousa terá pela frente o canadiano Steven Diez (180.º), responsável pela eliminação do 11.º cabeça de série Lukas Lacko.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.