Não é o futuro, é o presente: Alexander Zverev derrota Novak Djokovic e entra para a história

0

Está encontrado o campeão da edição de 2017 do Masters 1000 de Roma. Alexander Zverev tornou-se este domingo no primeiro tenista nascido na década 90 a conquistar um torneio desta categoria, ao vencer na final do torneio romano o número dois mundial, Novak Djokovic, ao fim de apenas dois sets, pelos parciais de 6-4 e 6-3.

Com apenas 20 anos e a jogar a final mais importante da sua carreira, o tenista alemão fez uma exibição que contrasta bem com a sua idade, ao mostrar-se muito forte ao longo de todo o encontro para, sem qualquer quebra sofrida, provar que o presente passa por ele.

Num encontro em que não enfrentou qualquer break point, Zverev precisou de um break em cada set para se tornar no mais jovem jogador a vencer um Masters 1000 desde que, em 2007, Novak Djokovic venceu o título de Miami, na altura com apenas 19 anos.

Este triunfo significa também a entrada de Zverev no top-10 mundial pela primeira vez na carreira, fruto dos 1000 pontos somados. O alemão será o mais jovem a fazê-lo desde Juan Martin Del Potro, que superou esta barreira a 20 de outubro de 2008. Mas há mais: esta segunda-feira, o tenista germânico subirá ao quarto lugar da Race to London (a corrida ao ATP World Tour Finals), isto ao mesmo tempo que ocupa o primeiro lugar na Race to Milan (a corrida ao Masters da NextGen).

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorLyon: Gastão Elias já tem adversário definido
Próximo artigoOficial: Agassi é o novo treinador de Djokovic
Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.