Simona Halep continua imparável e alcança segunda final em duas semanas

0

Depois de Madrid, Roma. Simona Halep derrotou este sábado Kiki Bertens (por 7-5 e 6-1) e está na final de um torneio WTA pela segunda vez esta temporada, reforçando cada vez mais o estatuto de principal candidata ao título em Roland Garros, onde já disputou uma final.

Aos 25 anos, a tenista romena (número 4 no ranking) vem da revalidação do título em Madrid — onde entrou para a história ao tornar-se na primeira jogadora a atingir três finais e na segunda a revalidar o título, juntando-se a Serena Williams. Agora em Roma, procura o primeiro título no Internazionali BNL d’Italia e este sábado deu mais um passo importante, ao derrotar a holandesa, semifinalista da última edição de Roland Garros, em duas partidas.

Foi Halep quem esteve sempre por cima do encontro, mas na fase final do primeiro parcial os nervos apoderaram-se da melhor tenista romena, que cedeu o seu serviço quando se preparava para fechar o set. A reação não se fez, no entanto, tardar e serviu de embalo para que conseguisse o break logo no jogo de entrada do parcial seguinte, a que se seguiu ainda um outro, que serviu para confirmar o domínio de Halep e encerrar a luta.

Com 10 vitórias consecutivas, Simona Halep — que atravessa o melhor momento da temporada — está pela primeira vez na final do torneio de Roma, onde vai procurar (frente a Garbine Muguruza ou Elina Svitolina) conseguir o “embalo” perfeito para atacar o título em Roland Garros. Devido aos recentes resultados, a tenista romena é a grande favorita à vitória num torneio em que até já disputou a final, no ano de 2014.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGonçalo Oliveira falha terceira final do ano na Tunísia
Próximo artigoJoão Monteiro eliminado nas “meias” em Espanha
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."