Gonçalo Oliveira falha terceira final do ano na Tunísia

Ainda não foi desta que Gonçalo Oliveira consumou o apuramento para a sua terceira final na presente temporada ao sair derrotado na manhã deste sábado do seu encontro das meias-finais no future de 15.000 dólares de Hammamet.

Em busca de uma vaga num encontro decisivo da variante individual pela primeira vez desde meados de março passado, o atual número 385 mundial não conseguiu confirmar o estatuto de principal cabeça de série que detém na prova tunisina após ceder perante o oitavo favorito, o espanhol Miguel Semmler (598.º), pelos parciais de 6-4 e 6-0.

Apesar de tudo, o número cinco nacional poderá ainda terminar o dia e o torneio com um título, caso seja bem sucedido na final de pares que disputa esta tarde ao lado do argentino Mariano Kestelboim.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.