Pedro Sousa entra a ganhar no fortíssimo Challenger de Bordéus

0

Depois de Aix-en-Provence, Bordéus, e a verdade é que Pedro Sousa continua a fazer sucesso por terras francesas. Aos 28 anos, o tenista lisboeta está na melhor classificação da carreira (154.º) e esta terça-feira deu início à participação no fortíssimo Challenger de Bordéus com mais uma vitória.

Presente no quadro na condição de special exempt — dada a um tenista que atinja pelo menos as meias-finais de um torneio da mesma categoria ou superior na semana anterior –, Pedro Sousa levou de vencida o wild card francês Gleb Sakharov, por 6-4 e 6-4, para começar com o pé direito na prova, que conta com 8 membros do top 100 mundial como cabeças de série.

Para além dos elementos da “elite” mundial presentes em Bordéus, há também 106.000 euros em jogo como prémios monetários, que fazem deste um dos Challengers mais fortes e, também, um dos últimos eventos de preparação de vários jogadores para Roland Garros.

Em prova estava também Gastão Elias, que não conseguiu seguir além da primeira ronda: o número 2 nacional teve pela frente o sempre complicado Julien Benneteau e saiu derrotado em dois sets.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTenista da casa impede vitória de Nuno Deus em Espanha
Próximo artigoFrancisca Jorge não resiste à estreia em Oeiras
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."