Andy Murray cai por terra no encontro de estreia em Roma

0

Está a ser uma temporada de terra batida para esquecer. Depois de ter ficado pela segunda ronda em Monte Carlo e Madrid, com umas meias-finais em Barcelona pelo meio, Andy Murray voltou a não passar da segunda eliminatória, ficando pelo caminho no Masters 1000 de Roma, torneio que venceu na temporada passada, com um desaire aos pés de Fabio Fognini.

Muito longe do seu melhor ténis, o número um mundial entrou com o pé esquerdo na partida e rapidamente permitiu ao tenista italiano abrir uma vantagem de 4-0 com duas quebras de serviço de vantagem na primeira partida, que viria a ser encerrada ao cabo de 40 minutos de jogo com um parcial de 6-2 favorável ao tenista da casa.

O segundo set acabou por ser mais do mesmo. Apesar de ter assegurado o seu jogo de serviço inaugural, Murray rapidamente voltou a descer o seu nível de jogo, sendo novamente quebrado por duas vezes e permitindo a Fognini abrir uma vantagem de 4-1. A servir a 5-2 para fechar a partida, Fognini ainda permitiu ao britânico recuperar um dos breaks, contudo, não desperdiçou a segunda oportunidade de fechar a partida, selando o triunfo com parciais de 6-2 e 6-4 ao fim de 1 hora e 35 minutos de jogo.

Apesar do mau resultado, Andy Murray vai manter de forma confortável a liderança da hierarquia mundial. Quanto a Fognini, aguarda pelo desfecho do encontro entre Alexander Zverev e Viktor Troicki para conhecer o seu próximo oponente.

Comentários

Comentários