Thiem: “Às vezes jogas muito bem contra os melhores do mundo e perdes”

0

MADRID – Foi um Dominic Thiem satisfeito com a prestação aquele que se apresentou na sala de conferências de imprensa do Mutua Madrid Open depois da final do Masters 1000 de Madrid, que perdeu para Rafael Nadal.

Nas primeiras declarações à imprensa depois de se sagrar vice-campeão naquela que foi a final mais importante da carreira até ao momento, o austríaco disse que “foi uma final muito, muito melhor e mais equilibrada do que em Barcelona [que perdeu em dois sets]. Desta vez tentei elevar a minha percentagem do primeiro serviço e mudar um pouco a minha resposta, porque o serviço é uma das maiores armas que ele tem, é inacreditável e estás quase sempre sob pressão quando ele serve.”

Com a certeza de ter “dado tudo o que tinha”, Dominic Thiem disse ainda que “se queres jogar um encontro equilibrado e ter hipóteses de ganhar ao Rafa em terra, tens de jogar o teu melhor. Não há outra hipótese. E às vezes, no ténis, jogas muito bem contra os melhores do mundo e acabas por perder. Só há um vencedor.”

Agora que o fez pela primeira vez, Thiem diz que “o próximo passo é manter este nível e chegar à próxima etapa. É isso que vou tentar fazer.”

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNadal iguala Djokovic como recordista em Masters 1000
Próximo artigoVídeo: O match point do confronto entre Nadal e Thiem
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."