CEO da WTA arrasa torneio de Madrid depois da presença de Nastase em court

0

MADRID – O nome de Ilie Nastase voltou a ser notícia este sábado, com o romeno a ser convidado da organização do Mutua Madrid Open não só para a final feminina, como para a cerimónia de entrega de prémios, que acabou por congratular a compatriota Simona Halep como bicampeã do torneio.

Nas redes sociais, as reações não demoraram a surgir e a WTA (Women’s Tennis Association) prometeu um comunicado, que chegou com fortes críticas de Steve Simon, o CEO, à decisão do Mutua Madrid Open.

“Foi uma final muito entusiasmante e dou os meus parabéns à Simona [Halep] e à Kristina [Mladenovic] pelo extraordinário encontro. A única “mancha” na final foi o convite feito ao Sr. Nastase para participar na cerimónia de entrega dos troféus”, começa por dizer Steve Simon no comunicado partilhado pela WTA.

“Ele não tinha lugar no court. Está a ser investigado pela Federação Internacional de Ténis e foi suspenso pelas ofensas [na eliminatória da Fed Cup entre Roménia e Grã-Bretanha] e a WTA cancelou as credenciais dele para os torneios enquanto a investigação não termina. Foi irresponsável e inaceitável da parte do torneio de Madrid atribuir-lhe um papel oficial na cerimónia. O torneio é de nível Premier e organizado segundo os critérios e liderança mais elevados do ténis profissional mas hoje isso não se refletiu.”

Imagem meramente ilustrativa: a fotografia foi retirada num dos encontros das rondas anteriores e o comunicado de Steve Simon refere-se, como explica a notícia, à participação de Nastase na cerimónia oficial de entrega de prémios da final feminina

Comentários

Comentários